É o momento de comprar imóvel!

Talvez estamos vivenciando o melhor momento para comprar imóvel, seja para uso próprio ou para investimento. Aproveite o momento!

O mercado de imóveis assim como a bolsa de valores, bolsa de mercadorias, commodities e outros itens que variam com a vontade do mercado (oferta e demanda). Tem seus ciclos de alta e baixa.

No atual momento político e econômico do Brasil, especificamente o mercado de imóveis está em um momento de baixa, já faz uns 2 ou 3 anos com esse viés. Acredito que no mercado imobiliário estamos prestes a atingir o pico mínimo, e com isso haverá uma inversão quando a curva voltará a subir e com isso os preços dos imóveis.

Portanto Continuar lendo

Anúncios

Momento do mercado – Julho/2016!

Os últimos anos foi muito bom para os compradores de imóveis. Com excesso de ofertas, os valores tiveram alguma redução, mas esse momento parece estar chegando ao final.

Os últimos 2 ou 3 anos foi excelente para os compradores de imóveis, com dinheiro em mãos puderam se beneficiar do momento de instabilidade do mercado e fazer boas compras. As propostas, mesmo as menores, eram estudadas a fundo, na ponta do lápis e se o vendedor achasse que era o mínimo aceitável o negócio estava fechado.

Porém os resultados mais recentes mostram que esse período de bonança dos compradores pode estar com os dias contados. Hoje os estoques são menores, as ofertas encolheram e as oportunidades estão ficando cada vez mais escassas.

A CEF anunciou na semana passada uma liberação de R$ 16 bilhões para o setor imobiliário, onde R$ 6 bilhões são para os financiamento e ou outros R$ 10 bilhões para financiar as construtoras. Esse grande aporte, aliado aos números econômicos mais otimistas e a crescente confiança dos consumidores faz com que as construtoras e incorporadoras tenham uma melhor perspectiva para os próximos anos.

— A expectativa é executar todo o orçamento, além de aumentar a velocidade das vendas e a própria economia. A construção civil é um dos setores que respondem mais rapidamente a medidas de estímulo.
Nelson Antonio de Souza – Vice presidente de Habitação CEF  Fonte:globo

Com isso é forte a tendência de as oportunidades e os descontos ofertados até agora diminuam muito e em curto prazo desapareçam do mercado. E assim o poder de barganha do comprador irá diminuir.

Enfim, se você tem recursos suficientes para comprar a vista ou dar de entrada em um imóvel, ainda é um momento propício, pois é possível encontrar oportunidades e bons descontos em alguns imóveis. Mesmo que tenha que fazer um financiamento com as taxas altas ainda vale a pena, pois caso as taxas tenham uma redução será possível fazer a portabilidade de seu financiamento para outra instituição com juros menores.

Aproveite o momento e faça um excelente negócio. Consulte seu corretor de imóveis, ele saberá lhe conduzir para as boas oportunidades do mercado. Evite fazer a transação sem a intermediação de um profissional, pois isso poderá lhe trazer grandes complicações futuras.

Caso não tenha nenhum corretor de confiança, a VAST imóveis está ao seu dispor para lhe ofertar as melhores opções do mercado.

Personal Broker ou Corretor Pessoal

A busca por um imóvel pode ser facilitada com o Personal Broker.

Corretor de imóveis com um modelo de casa na mão direita e as chaves na esquerda
Personal Broker

Comprar um imóvel não é uma tarefa fácil. É necessário muita paciência e tempo dispendido com visitas às imobiliárias, imóveis, consultas de sites, telefonemas e e-mails. Tudo isso para tentar encontrar o imóvel ideal para você.

E com a consulta de inúmeros sites e corretores, as vezes fica difícil lembrar qual imóvel foi ofertado por qual corretor. E com isso muito tempo é dispendido sem resultar em nada. E isso não é nada bom nem para os clientes e nem para as imobiliárias e corretores.

E para que você não perca seu tempo, um bem muito precioso nos dias atuais, a VAST imóveis oferece o serviço de Personal Broker. Com ele você encontrará o imóvel que precisa de forma tranquila e sem perturbações e perda de tempo.

COMO FUNCIONA Continuar lendo

Declaração de imóvel no IRPF 2016.

Saiba como declarar um imóvel comprado em 2015 em sua declaração de ajuste anual em 2016.

IRPF

Se você comprou um imóvel em 2015, precisa declarar no IRPF 2016. Para tanto é necessário estar atento aos detalhes.

Caso tenha comprado um imóvel usado você deverá mencionar na descrição do bem o nome e CPF do proprietário anterior que fez a venda, bem como o endereço e dados do imóvel. No valor, além do valor efetivamente pago para compra do imóvel, você poderá colocar as despesas com o ITBI e com a corretagem (caso tenha sido você quem fez o pagamento do corretor), isso tudo é importante no caso de venda futura do imóvel.

Se você comprou o imóvel à vista, deverá declarar o valor total pago mais as despesas mencionadas acima. Continuar lendo

Permuta de imóveis é bom negócio?

Enfim a permuta de imóveis é um bom negócio? Uma pergunta que muitas pessoas com imóveis a venda fazem.
A resposta é depende do negócio. Mas vem outra pergunta: depende de que?
Para ser um bom negócio, a permuta de imóveis precisa agradar aos dois lados da negociação. Por exemplo: imagine uma situação onde a pessoa quer vender seu imóvel para comprar um outro maior e há outra pessoa querendo vender seu imóvel para comprar um menor, nesse caso, a permuta será um ótimo negócio. Mas lembre-se haverá cobrança de corretagem imobiliária para ambos os imóveis, ou seja, você irá pagar a corretagem da venda de seu imóvel e a outra parte pagará corretagem sobre a venda do imóvel dele para você.
Já em uma situação onde uma das partes envolvidas não precise de outro imóvel passa a não ser bom negócio para uma das partes. Com isso se você pretende trocar seu imóvel por um maior, e ao encontrar seu novo imóvel descobre que o proprietário não quer um imóvel menor, ele é apenas investidor ou quer vender um bem para se capitalizar, provavelmente não será bom negócio para você.

Novas regras da Caixa vigoram a partir de hoje!

Novas regras da Caixa Econômica Federal passam a valer a partir de hoje (24/03/2016). Veja abaixo os novos percentuais de financiamento.

 

Hoje começam a vigorar as novas regras para o financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal essas regras foram alteradas com intenção de estimular e reaquecer o mercado imobiliário.

A partir de agora é possível financiar pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH) imóveis com valor de até R$ 750.000,00 (para os estados de MG, RJ, SP e DF) e de até R$ 650.000,00 para os demais estados. Os percentuais de financiamento são de 70% para o setor privado e de 80% para os funcionários públicos. Nessa modalidade ainda é possível utilizar os recursos do FGTS como entrada do imóvel. Continuar lendo

CAIXA vai financiar até 70% dos imóveis usados.

A Caixa Econômica Federal que em maio de 2015 reduziu o percentual de financiamento para imóveis usados ao patamar de 50% do valor do imóvel, resolve aumentar esse patamar para 70% do valor pelo sistema SBPE.
Agência da CEF
Agência da CEF

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (8) medidas para tentar facilitar a compra da casa própria, em meio à falta de crédito no mercado. As principais mudanças são:

  • Liberação de R$ 7 bilhões para a linha chamada de Pró-cotista

Essa linha de crédito financia até 85% do valor do imóvel novo ou usado (para imóveis de até R$ 750 mil), em até 30 anos, com taxa de juros entre 7,85% e 8,85% ao ano.

Esse financiamento usa recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Para contratar, é preciso ter conta ativa no FGTS e Continuar lendo

O MERCADO IMOBILIÁRIO E A CRISE ECONÔMICA.

Como se apresenta o mercado de imóveis na atual crise econômica do Brasil?

housing-market-declining

Bem, com a demanda em queda e a oferta mantida, a tendência é de haver uma pequena retração nos preços dos imóveis, principalmente por parte daqueles que necessitam vender seus imóveis de qualquer forma. Com isso os interessados em comprar imóveis devem estar bem atentos para as oportunidades que surgirão nesse momento de turbulência, principalmente aqueles que não dependem de financiamento imobiliário. Continuar lendo

As novas diretrizes do financiamento imobiliário afeta o mercado?

Recentemente a Caixa Econômica Federal – CEF anunciou mudanças no financiamento imobiliário e isso impactou diretamente no mercado de imóveis. E como nós corretores podemos agir?
financiamentos-de-imoveis

Em maio deste ano (2015) a CEF anunciou novas regras para o financiamento imobiliário, onde os imóveis que anteriormente eram financiados em até 90% do valor passou a ser de 50% para os financiamentos baseados na poupança (SBPE) e para 80% nos imóveis financiados pelo FGTS (pró cotista). E isso gerou um grande desconforto nos possíveis compradores de imóveis.

Segundo uma pesquisa Continuar lendo

Quanto o financiamento imobiliário afetará minha saúde financeira?

Ao contratar um financiamento imobiliário é preciso fazer uma criteriosa análise de quanto haverá de impacto em sua saúde financeira.

orçamento-familiar

A decisão de comprar um imóvel com recursos de financiamento imobiliário é bem complexa. É fundamental que a família se una nesse momento para fazer contas e verificar o quanto isso afetará seu orçamento familiar.

Ao comprar o seu sonhado imóvel você não pode deixar de computar as despesas que terão além do financiamento. Essas despesas começam com os valores para registro do imóvel e Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Atualmente o ITBI para a cidade de São Paulo tem alíquota de 3% sobre o valor da negociação. Vamos supor Continuar lendo