Financiamento ou Consórcio Imobiliário?

CONHEÇA AS VANTAGENS E DESVANTAGENS ENTRE UMA MODALIDADE E OUTRA!

Quando pensamos em investir em um bem material de grande valor, devemos sempre considerar todas as alternativas e caminhos possíveis para a concretização do sonho. Especificamente para compra de imóveis temos hoje no mercado a modalidade de financiamento e de consórcio imobiliário.

Entenda cada um deles:

CONSÓRCIO

O consórcio é um meio para adquirir um bem ou serviço de forma parcelada e sem juros. Como o dinheiro sai em sorteios ou quando alguém oferece um grande lance, a modalidade é recomendada para quem pode esperar. O perfil do consorciado é o de uma pessoa poupadora, que planeja a aquisição de bens e serviços.

Ao ser contemplado, com o dinheiro do consórcio em mãos, o cliente pode pagar o imóvel à vista e assim, quem sabe, até conseguir um preço melhor. Além disso, quem contribui para um consórcio não paga juros, somente taxas administrativas.

Vale lembrar que caso seja sorteado sem que as parcelas tenham sido quitadas, as regras para utilização da carta de crédito são as mesmas de um financiamento, ou seja, o comprador deverá atestar idoneidade financeira bem como ter renda suficiente para arcar com os valores das parcelas mensais. O imóvel e seu proprietário também deverão ser idôneos.

Os valores dessas taxas variam de uma administradora de consórcio para outra. Cada instituição é livre para fixar o percentual que será cobrado; por isso, vale uma pesquisa antes de fechar negócio.

Às vezes espera-se por até dez anos para ser sorteado, mas a vantagem é que as parcelas podem ser mais baixas que as de um financiamento.

Como os prazos do consórcio são longos, a pessoa pode desistir no meio do caminho, mas vai ter que esperar para receber de volta o dinheiro poupado. Para isso, deverá participar das assembleias gerais ordinárias de contemplação, com base nas regras vigentes, e a restituição não será integral, pois quem desiste paga uma multa prevista em contrato.

As parcelas do consórcio são reajustadas de acordo com os critérios estabelecidos no contrato. O valor pode ser alterado com base nas variações do preço do produto sugerido pelo fabricante ou de um determinado índice, como o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), entre outros.

FINANCIAMENTO

O financiamento é recomendado para quem tem pressa de mudar. Basta apresentar a toda documentação requisitada pelo banco – que financiará a compra do imóvel – e fazer o pedido da carta de crédito. Nesse documento, consta o valor que o banco vai efetivamente disponibilizar, levando em consideração o perfil econômico financeiro de cada cliente. Importante lembrar que para análise do crédito poderão ser incluídos 1 ou mais compradores para composição de renda.

Com a carta de crédito na mão, é possível procurar um imóvel dentro do valor já estipulado. O ideal, portanto, é informar-se quanto a sua capacidade de financiamento. Para isso poderá consultar a imobiliária ou diretamente no banco. Nós da VAST Imóveis fazemos esse trabalho sem custo algum para o interessado, para isso basta nos contatar.

Não há como ter certeza de que o banco vai aceitar financiar um imóvel. Cada instituição oferece condições diferentes, como o limite de prestações, o valor máximo do imóvel e as taxas de juros. Por isso, não deixe de pesquisar.

Os bancos trabalham com duas tabelas de financiamento: a Price e a SAC. São elas que estabelecem o valor das parcelas. A Price oferece prestações iguais do início ao fim, já a SAC prevê parcelas decrescentes. A Caixa Econômica Federal, por exemplo, trabalha apenas com a SAC.

Atualmente os bancos financiam até 90% do valor do imóvel, porém em sua maioria os financiamentos são liberados com 80% do valor do imóvel e os 20% restantes deverão ser pagos com recursos próprios.

QUAL O MELHOR?

Não existe o melhor ou o pior, existe a necessidade individual. Se você tem urgência para comprar um imóvel com certeza o financiamento poderá lhe proporcionar a compra de maneira muito mais rápida que o consórcio.

Por outro lado se você é um investidor e quer comprar algo para lhe proporcionar renda, talvez o consórcio apresente melhores condições que o financiamento. Para isso será preciso comparar as taxas administrativas bem como os índices de correção anuais.

Outro fator de destaque é que se hoje gostamos de um imóvel que tem avaliação de R$ 400.000,00 e você optar por um consórcio, muito provavelmente quando estiver com a carta contemplada esse mesmo imóvel estará com valor superior e você ainda deverá compor com recursos próprios o montante.

VAST Imóveis.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s